segunda-feira, 3 de novembro de 2008

As coisas como são...

A palavra exprimia a coisa. E era um tempo onde tudo tinha um nome. Tempo remoto, quase místico, em que não havia distinção entre as expressões e o que elas significavam e cada coisa era conhecida por um nome diferente, singular.

Não, não é um mito, tampouco crendices do folclore. Esse tempo realmente existiu! O tempo em que as palavras serviam para dizer algo e havia uma vastidão de possibilidades. O vocabulário era extenso, imenso, infindável. E escrever parecia uma arte porque contemplava a combinação de letras, sons e sentidos e para escolher os termos certos era preciso uma seleção rigorosa, um ajuste do que estava sendo dito ao que se estava tentando dizer. Tudo era milimetricamente calculado, revisto, pensado.

Mas, devido à correria do dia-a-dia, em nome da otimização de resultados (falava-se bastante em automação robótica à época) muitos introduziram em seu linguajar um termo curinga, polivalente, generalizante, que significava um pouco de tudo, e ao mesmo tempo, nada. Foi então que em vez da palavra definir a coisa, a coisa passou a substituir as palavras. Tsc, tsc, tsc, nunca mais os gramáticos dormiram em paz...


P.S.: eu agradeço à GI pelas dicas na revisão desta coisa que antigamente chamávamos texto! Valeu, Gi!

Comentários
75 Comentários

75 comentários :

Ricardo Thadeu disse...

Na verdade, desde que alguém tentou descrever a língua de maneira simples os gramáticos não tiveram paz.

A coisa coisou a língua, e sabe de uma coisa? Ficou melhor!

Até, moça.

Danilo Cruz disse...

Foda! Muito bom...

Expressou a realidade

Letícia disse...

hehehe Gostei do que o Ricardo disse.
Eu trabalho com diferentes línguas o dia todo e não é fácil expressar-se e fazer-se entender realmente.
Beijo pra vc!

Keep Cavera disse...

A coisa coisando por ai. Que coisa, não?! Boas verdades, gostei!!!

:)

30 e poucos anos. disse...

Pois é minha amiga ... eram tempos em que os jovens não usavam meias palavras para expressar sentimentos inteiros ... hoje algumas palavras parecem ser curinga e são usadas para tudo.

Bons tempos aqueles.

Pcod disse...

Texto interessante xD



Link LoL

Clóvis sivolC disse...

uy rs
tô precisando dormir
belo blog
abçs.

HoneyBee disse...

Só passei por aqui para saber como estão as coisas...

Flávio Souza disse...

Concordo plenamente, Ellen!

A infindável corrida do dia-a-dia nos mata enquanto verbo.

Gostei muito do texto.

Felipe disse...

boa abordagem.

Eduardo Franciskolwisk disse...

uhauahuaha

muito legal....

"pega aquela coisa ali pra mim. que coisa? aquele treco lá!"
indo... (ja levei calote do de cima, eu acho... )



http://franciskolwisk.blogspot.com/

Morango com leite condensado disse...

Faz tempo que os gramáticos perderam o sono literalmente...

Belo texto...

Bjos

Flávio Souza disse...

Fiquei feliz pela sua visita, Ellen!

E já que você é uma amante das palavras, gostaria de te convidar para conhecer o meu blog literário:

www.epifaniabr.blogspot.com

Seja bem vinda!

D.Ramírez disse...

O português "dificil" daquela época, incluindo as escritas dos livros, com vocabulários complicados, palavras dificeis eram na verdade para os incultos e pobres não terem acesso a cultura. Até nós aculturados, temos dificuldade de entender certas palavras de escritores famosos. Escreviam dificultando propositadamente. Só os intelectuais e de uma pequena gama de pessoas da sociedade teriam informação cultural. Eu, particularmente prefiro até o internetês, que todos entendem, ou, hoje, todos falamos a mesma lingua.
Parabéns pelo texto e blog. Bescitos

Pensando bem... disse...

Pow..adoreii..lindo lindoo!!
Parabens!!!
abçs

ana Lucia nicolau disse...

é mesmo....mas, acho que isso acontece porque qualquer "coisa" é mais fácil de ser entendida...

Antonoly disse...

Infelizmente "a coisa" já substitui as palavras a muito tempo, e a tendência é só piorar.

www.geracaoweb.wordpress.com

Guilherme disse...

fico legal o texto
tambem gostos dos textos da GI

abraços

Veiga disse...

HUAHSuAHSuas

mt bom!

bem coisado...

www.trocistas.com

Poquiviqui disse...

Sinceramente? Texto maravilhosamente bem escrito!!!
E retrata muito bem uma coisa que vejo atormentar muita gente: semi-analfabetismo, analfabetismo-funcional, logico... entre outros ocasionados pela falta de leitura!
Perfeito! Vc ja esta em meu favoritos! =)

Luuh♥ disse...

Bom o seu blog!
Muitos Widgets....

passa no meu dps!
www.curtindonaweb.blogspot.com

Gran Magic Carmesin: Nat Valarini disse...

O dia-a-dia tem ensinado as pessoas a simplificarem, às vezes de modo bizarro, seus diálogos.

Na era em que tudo gira em torno da informação, a população busca otimizar as coisas, algumas vezes, piorando-a.

Ótima abordagem!


http://garotapendurada.blogspot.com/

Blog do Camelo disse...

Nossa é a mais pura verdade, não conseguiria descrever de outra forma, vc realmente descreveu a nossa infeliz realidade de hj..!!!

Bjão

www.canaldesignu.blogspot.com

Nicolle Longobardi disse...

Putz!Muito bom.Adorei!Aguardo sua visita!BjO

vitor marques da silva disse...

hehe
expressou a realidade

Luccannus - Jesum Christum est semper! disse...

Eu adoro a Língua Portuguesa justamente porque existem tantas palavras desconhecidas, bonitas, com um significado às vezes simples, às vezes nem tanto, à espera de ser utilizados por alguém em algum texto...
.
Infelizmente, dia após dia surgem novas gírias que tendem à assassinar a Língua Portuguesa.
Aliás, é assim que se dá a "morte" de uma Língua e o surgimento de outra: pelas gírias.
As gírias nascem e geram dialetos que geram novas Línguas que "matam" a Língua anterior, que é substituída pela nova Língua.
.
Bjss e fique com Deus, na Paz.
_________

http://horateologica.blogspot.com/

Popoka disse...

è foda mesmo, tem que ser Muito muito... Nem sei ao certo para se expressar assim..

Boa =D

Tony Prado disse...

Vivo usando a palavra "coisa" pra definir várias coisas. Vira até verbo de vez em quando. :P Muito bom seu texto.

Felipe disse...

Wow
Otimo texto meninaa...
Talento

http://centralldamusica.blogspot.com
Buscando parcerias...

Dener disse...

uahsuahs
defina a palavra coisa...
mto bom..

http://tudo-ave.blogspot.com/

bem vindos a mim disse...

Seu texto tá muito bom, a escrita, a forma de dizer as COISAS estão todas perfeitas!!!!...
Gostei muito!!!
Parabéns!

Jordânia disse...

Mas que coisa hein?! :P
adorei, :)


;*

amandaedalete disse...

nada como Armadilhas da Língua, se ligue!

Jônatas Santos disse...

realmente... muitas coisas tem substituido minhas palavras. Essas COISAS tem me deixado louco, talvez seja um pretexto dos gritos infindáveis que ecoam dentro de mim, por outro lado vejo que for mais COISA isso pareça mais inefável essa COISA se torna! Ou sera que mais louca essa COISA se torna?
grande beijo querida
sou muito fã de seus textos!

Viviane Righi disse...

O que você escreveu, Ellen, me fez pensar na educação que conferimos hoje, de maneira geral. Os jovens (não todos, é óbvio!)estão banalizando tanto o nosso português, que muitas vezes a gente nem consegue entender o que eles tentam dizer (e olha que nem sou tão velha assim...). Se para tentar entender o que eles dizem já está difícil, imagine só compreender o que eles escrevem, se é que conseguem traduzir o que sentem no papel... a "coisa" tá feia!

Tania Montandon disse...

Nossa, quem dera pudéssemos nomear tudo! "muita coisa importante falta nome" G.Rosa

"do que mais importa nãose sabe falar" C.Lispector

beijos

PCN disse...

Pois é, jogaram a gramática no lixo...

http://papeisriscados.blogspot.com/

David disse...

Excelente post, gostei da sacação: "em vez de a palavra definir a coisa, a coisa passou a substituir as palavras". Isso para mim é fruto da pouca leitura do brasileiro, que está com o vocabulário cada vez mais limitado e empobrecido.

http://valacomum.wordpress.com/

Jonathan Alves disse...

eu uso a coisa rss!! ''/

Euzer Lopes disse...

Mas que coisa...
Essa coisa realmente evolui dentro da língua...
De "substantivo" vira verbo.
E aí as pessoas vão coisando as coisas coisadas por aí...
Evolução?
Involução eu diria.

Vanessa disse...

Passa aquela coisa, em cima daquela coisa que o coiso me deu... pior que num contexto, essa frase faz sentido!!
Simplificamos tudo mesmo, mas ainda asim temos uma das linguas mais maravilhosas e ricas do mundo.
Gostei muito desse texto, parabéns!
Bjo!!

Nerd disse...

otimmo blog !!

abçs

Hasso disse...

Parabéns, bom texto.

O Profeta disse...

Esta humilde folha solta
Este Vento que fala docemente
Abre-se a alegria da terra
Ai este Sol de sorriso presente

Um manto tecido pelas brumas da manhã
Uma mão segue o Sol outra a emoção
O orvalho que dança no celeste
Ganha a cor da exaltação



Convido-te a pintares o teu olhar com as cores do arco-íris




Mágico beijo

Caroline disse...

Risos... muito bacana o seu texto, real, divertido, pois "a coisa" é uma coisa estranha mesmo, ele descreve tudo de forma aleatória e todo mundo entende... risos...

Muito bom o Blog, passarei sempre
Beijinho :)

http://pollyefeffer.blogspot.com

Carioca disse...

otimo texto!
esse eh o segredo para a sobrevivencia: palavras bonitas... mas qm disser 'palavras', morre p a vida. adaptando clarice =]

ohshittt disse...

Ellen faz tempo q eu num passava aqui!

meu realmente fica dificil ler um texto hj em dia q contenha um vocabulario mais elaborado!

mais uma vez parabens pelo ótimo texto!

Fabio disse...

hehe ... muito bom...

Kacau disse...

Assassinaram a gramática faz tempo, e nem avisaram ninguém já foi tratando de substitui-la antes que percebecemos.

http://messnatural.blogspot.com/

By melrym disse...

nuss
ótimo texto
eu até copiei ele pra mostra minha mae depois, ela é professora;;;

bjao
depois vc passa la
http://melrym.blogspot.com/

Choujitops disse...

Ola eu gosteria de saber como voce faz aquele mini MSN no seu blog...

deixa um comentario la no meu blog dizendo como colocar...

www.mentecomcuriosidades.blogas.com.br

Guilherme Santos disse...

ahh vc foi la me cobrar um comentario que até ja tinha feito :p

comentar de novo entao

pois eh coisa é isso e aquilo, é que nem aquele bagulho, sauashuash serve pra designar tudo que nao se sabe ou se esquece o nome, ou por preguiça de pronuncialos msmo

Lara Sousa disse...

Essa palavra é engraçada, ao mesmo tempo que não diz nada, expressa exatamente o q queremos falar e tudo mundo entende;

beijO

Augusto disse...

Que coisa não?!

PequenAprendiz disse...

Que coisa essa coisa de usar coisa pra definir certas coisas.
hahhaha

Realmente é uma palavra curinga, mas ainda prefiro a vastidão pra escrever.

Bom final de semana!

Um beijo!

Thomaz Ribeiro disse...

Cara Hellen, até que eu tentei pegar os selos que tu gentilmente ofereceste, mas tento copiá-los e simplesmente não consigo. Se tu puderes me dar alguns toques de como concluir a operação, ficarei muito agradecido.

•Mogui• disse...

pois éé, sabe que cê tem verdade! ^^
acontece tbm que hoje em dia, muitas pessoas falas 'coisa' pra substituir muitas palavras..
essas que eram usadas antigamente, algumas hoje em dia seriam muito difíceis de se entender o significado, porque mesmo que quem ás fala entenda, que ás escuta não..
mas enfim.. adoreeei o texto, e tbm fico um pouco triste com essa história de palavras sendo substituídas..afinal, tbm escrevo né..hehe
se quizer..
http://olhode-vidro.blogspot.com/
beijo!

Floradas de amor disse...

Mostra exatamente como está 'a coisa' hoje em dia hahha

Não é necessárioHoje usarmos o português arcaico, mas creio, que o moderno passa longe dessas substituições.

=D

Andrea Vaz disse...

Bons e velhos tempos em que toda palavra era cuidadosamente estudada. Sabia mais aquele que melhor se expressava em conteúdo e quantidades de palavras. Parece que hoje a palavra está morta. Não sei se é culpa da informática. Mas sempre há mudanças na palavra, inclusive a próxima será sobre as novas regras da gramática. O passado ficou para trás...

Carioca disse...

eh a segunda vez q eu comento nesse post ;)
vou te favoritar
bjs

--
http://raciocinioquebrado.blogspot.com/

мiмi ' disse...

o pior é msn mesmo...esse acaba com o portugues de qualquer um! meu prof de portugues ja mostrou uma prova do 2 ano do colegial de um menino que escreveu tudo abreviado, tipo msn mesmo:naum,pke,tbm axu...e isso em uma prova.

Luccannus - Jesum Christum est semper! disse...

Voltei. Como já comentei antes, deixo de comentar novamente. No entanto, registrei-me como leitor do seu blog.
.
Bjss e fique com Deus, na Paz.
_____________
http://horateologica.blogspot.com/

Blog da Paulinha disse...

Adorei o texto, realmente eu concordo. Conseguir entender o outro já não é tarefa fácil se a pessoa não tiver vocabulário para falar com você então...
Eu já passei por isso, terrível! Toda vez que tínhamos uma DR eu virava a tradutora interprete das COISAS.
Simplificar sim, mas empobrecer não, será que não dá para fazer as duas coisas?

Monochrome disse...

Pior é quando te chamam de coisa! :D "Oô coisinha"... Aii, isso irrita mesmo. o_O"

douglasfert disse...

Oi...

Indiquei o seu Blog para o Prêmio Dardos. Pegue o seu selo no meu blog: http://proudbrasil.blogspot.com/

beijos.

TIAGÃO disse...

GOSTEI, VOCE TEM FUTURO, CONTINUA INSPIRADA ASSIM!!!!

grupo gauche disse...

parabéns pela humildade com que vc se apresenta nesse espaço de comentários, todos nós sempre temos algo o que aprender, vc disse tudo! qto ao texto, bom, a coisa e as coisas sempre evoluem e a língua como é viva tem dessas... cada gramático vai tratar "a coisa" do seu modo... e poucos tem a ciência de que ela existe! boa a reflexão! parabéns!

luizichxos downloads disse...

parabens pelo blog otimo visual!

All3X disse...

Olha, texo excelente. de onde tirou inspiração. Queria eu também pensar dessa forma. Mas é visitando blogs de qualidade como este que podemos tomar conhecimento de idéias assim.
Em momentos em que se expressar não importa muita técnica, valendo qualquer coisa, difícil é encontrar quem fala a mesma língua que a gente.
Valeu

Pamela disse...

Ola Ellen, obrigada pela visita la no blog... ^^ concordo com voce sobre o layout, eu fiz ontem e fiquei sem paciencia de mudar... só vou alterar hoje (provavelmente... rsrs)....

sobre o seu post, bem, as palavras sao belas e muito inspiradoras muitas verdades em um pequeno texto....

^^'

=D

Obrigada pelas dicas... ^^

Abraços!

http://nelinhalokinha.blogspot.com

Paula disse...

Seu post me remeteu a um vídeo que vi hoje pela manhã chamado "Coiso", de um grupo de humor chamado "Barbixas": http://br.youtube.com/watch?v=6-9nWt04oSI Vale a pena conferir e descobrir que existem mais curingas na língua portuguesa do que a gente supõe.

Reginaldo Mercês disse...

Olha eu aqui de novo ...:) nossa cada vez que leio o que escreves vejo de novo que tens um grande talento ...Parabéns ... bjosss


http://uniaodepalavras.blogspot.com/

Homenzinho de Barba Mal feita disse...

Essa "coisa" de lingua falada e lingua escrita é muito dificil de se entender...


http://hdebarbamalfeita.blogspot.com/

┼ Ģℓэн єяเkล! ┼ disse...

É, os tempos mudaram ...

Miriã Soares disse...

Texto levíssimo, uma delicia para descontrair e pensar!!!


http://mdiversidades.blogspot.com/

Sejam bem-vindos ao facetas!

................TODOS OS TEXTOS DESSE BLOG SÃO AUTORAIS............

Resolvi utilizar este espaço para divulgação de trechos de alguns trabalhos meus... Espero que vocês apreciem. Críticas e comentários serão muito bem-vindos, sobretudo críticas!

Se você já leu o texto acima não fique tímido: fique à vontade para comentar em outras postagens!