quinta-feira, 25 de setembro de 2008

Prólogo: Boatos Apenas - parte I

trecho do livro: OS FILHOS DE EVA - O MISTÉRIO DO POMAR, para o qual estou buscando patrocínio para publicação] OBS.: Já registrado junto ao Escritório de Direitos Autorais da Biblioteca Municipal...

Se vc já leu o texto abaixo clique aqui para ver a continuação (ou role a página para comentar em outra postagem)

Boatos Apenas

A Terra-Mãe viveu sozinha por muitos séculos até que um dia Deus ficou entediado e resolveu dar a vida a dois bonequinhos de barro. Ao primeiro chamou Adão, responsável e trabalhador, e ao segundo, de aparência frágil e delicada, deu o nome de Eva.

– Ah, Eva! – suspirava Adão toda vez que a encontrava.

Mulher bonita, curiosa, não tardou a querer provar todas as frutas disponíveis no planeta e o resultado foi que uma bendita maçã dada por uma maldita serpente fez com que o casal fosse expulso do paraíso. Maçãs e serpentes à parte, Eva foi a responsável pela explosão demográfica do planeta.

Mas acontece que a terra-mãe não ficou nada satisfeita com a atenção agora dedicada àquela mulher, afinal Eva não era assim tãããããããããããão bonita. Ficou até feliz quando soube do terrível escândalo envolvendo os filhos de sua rival e fez questão de espalhar a notícia de que um dos meninos havia matado o outro por puríssima inveja.

Resolveu, então, demonstrar que poderia ser uma mãe mais eficiente e deu à luz a três filhos. A primeira a nascer foi a Água em um parto relativamente fácil. Dividindo-se em gotas atravessou várias camadas de solo até chegar à superfície. O maior grupo ocupou as enormes depressões e unido formou o oceano. O outro preferiu emergir do cume dos montes, eram mais aventureiros e viajavam morro abaixo levando vida por onde passava. Formavam os rios, lagos e lagoas e percorriam grandes distâncias para se unirem aos parentes no mar.

O segundo filho nasceu depois, meio que por acaso, em meio a uma brincadeira familiar. A Terra-Mãe quis mostrar à filha outros caminhos que não os da depressão ou o das alturas: caminho de si mesma. Sugou a Água do chão com um de seus muitos membros – as árvores – mas percebeu o quanto a filha se sentia solitária e fez nascer da parte mais verde de seus membros – com uma pequena colaboração da Água – o seu segundo filho, o Ar.

Viveram harmonicamente por um longo período até que por motivo ainda desconhecido houve um profundo desentendimento entre a Terra-Mãe e o Ar e por ocasião desse incidente nasceu o Fogo, imprevisível e de temperamento explosivo.

Enquanto os dois primeiros filhos eram serenos e espalhavam vida por onde passavam, o Fogo a destruía e o pior, sugava a energia do seu irmão mais velho a cada ataque de chamas que lançava.

A Água, filha afortunada, pouco sofria com as chamas que o Fogo expelia. O calor agia sobre suas moléculas, tornando-a invisível. Embora não fosse esse o real motivo da estranha "indulgência", alguém como o Fogo dificilmente concederia poder tão útil a quem quer que fosse, ainda que esse alguém fosse a própria irmã.

O que se seguiu foi uma guerra, o Fogo foi ficando mais ousado à medida que seu poder ia aumentando. Nem mesmo a Terra-Mãe era capaz de detê-lo. Seus planos ambiciosos incluíam o domínio sobre todo o território terrestre.

– Ou a senhora me entrega todos os continentes do planeta ou seu filho Ar morre.

A Terra-Mãe não cedeu de início, guardava um segredo muito antigo, que o caçula desconhecia, um detalhe sutil e fundamental na criação que evitaria um desastre familiar semelhante ao dos filhos de Eva.

Infelizmente o Fogo não quis saber de acordos. À medida que as Eras se passaram o Ar foi enfraquecendo, a energia vital se esvaindo dolorosamente, até que chegou a um ponto no qual a Terra-Mãe não teve escolha: ou cedia à chantagem ou o Ar, já tão rarefeito, morreria.

As terras do Norte foram cedidas, a contragosto, ao Fogo.

A Terra-Mãe, muito sábia, sabia que a paz não duraria mais do que algumas Eras, afinal o Fogo só havia conseguido a posse das terras do Norte: ele queria todas. Em uma tentativa de retardar ainda mais um novo confronto repartiu o restante das terras entre os outros filhos. O Ar ficou com a parte sul das terras do extremo Oeste, a Água ficou com a parte sul das terras do centro. Somente alguns fragmentos de terra do extremo-Leste continuaram sob a guarda da Terra-Mãe.

E para desespero da Terra-Mãe, o Fogo ficou profundamente encantado com a beleza monumental de Eva, que lhe gerou um filho a partir da mistura de seu próprio barro, uma fração de corrente de ar retirada da combustão de suas chamas e uma boa dose de água, assunto de posteriores brigas conjugais.



[CONTINUA...]
Interessado no final da história? clique aqui
04/01/2008
Comentários
57 Comentários

57 comentários :

HoneyBee disse...

Esse início tem muito de neil gaiman =)

E isso é um puta elogio!!!

Ellen Regina disse...

Gi, eu dedico este blog a vc e à minha chefe, Ana Carolina, que me abriram os olhos quanto às possibilidades de divulgação do meu livro.

Obrigada!

Lu disse...

Oi Mana Morena,

Li o 1º Capítulo de "Os filhos de Eva - O mistério do Pomar" e adorei. Eu lia querendo saber já o que ia acontecer. Achei a história atual e verdadeira. É como se você estivesse advogando em nome da mãe-natureza.

Eu espero que reconheçam seu talento!

Parabéns e sucesso.

Beijocas

Anônimo disse...

Ellen vc está saindo uma ótima escritora. E uma leitura gostosa e que faz prender nossa atenção. Parabéns pelo projeto espero que alcance seus objetivos.
Grande beijo e sucesso.
Vanessa da ECO.

Anônimo disse...

Elle, que empreendimento lindo, desejo toda sorte do mundo na procurar pelo devido reconhecimento e do patrocínio necessário para a publicação do material.
Um super beijo do seu primo Robson.

Marina disse...

adorei. sério.
muito bem escrito, espero que vc publique logo.

Anônimo disse...

Ellen blogs assim no fazem sentir mais e mais vontade de continuar a ser blogueiro, existe sim vida inteligente na blogsfera, parabéns por este e os outros seus textos, muito bons.

Rubens Correia

www.blogdorubinho.cjb.net

Danilo disse...

gostei da idéia, vai publicar os outros capítulos?

30 e poucos anos. disse...

Como todos os outros posts ... sem palavras.

Nota 10

Quer uma xícara de chá? disse...

Adorei a forma que vc contou a história da criação, apesar de eu não acreditar nela. Ficou engraçado.

Figurinhas com Holograma disse...

Adorei a história.
Espero que consiga seu devido reconhecimento =]

Murillo Leal disse...

vc escreve perfeitamente!

continue!

http://murilloleal.blogspot.com/

Elton D'Souza disse...

muito interessante a forma como conduz o texto, me parece que você está mostrando como o mundo chegou ao atual caos da natureza.

rosangela disse...

Agora já estou curiosa pra saber a continuação de 2 "histórias"

Amei .. está ótimo .. meus parabéns.. mas a continuação do posta abaixo?? srsrs

Bjs .. e sucesso . sucesso..

DuDu Magalhães disse...

Deu vontade de ler a continuação....

[ JoãoFelipe ] disse...

Eu sempre fui fã de textos bem escritos, o teu concerteza é um desses, a pontuação que você usa eu acho que facilita a leitura. gostei muito, abraçoss

jaka disse...

como o primeiro comentario, lembou um pouquinho o gaiman, o livro ta pronto?
vc poderia por seus comentarios pra abrirem em uma janela popup, acho bem melhor,.

Darth disse...

Que post absurdo de lindo. Vc escreve muito bem. Adorei ter visitado aqui

Prolixo Lacônico disse...

Muito o texto!
Você merece achar publicação para o livro...
Merece mesmo!!

Frank Lima disse...

ellem é longo mas e muito construtivo , por conta desse preconceito que é gerado pela midia, contra os blogueiros, utilizei ele como argumento contra uma banca de discursso sobre manipulação da informaçao,

bom, estou lendo o seu blog, vou adiciona-lo...

abraço e felicidade.

Felipe disse...

História bem legal e muuuuito bem escrita. You make a good Job girl. Eu pessolmente gostei muito e vou passar aqui sempre quando eu puder!

Obrigado por seu Comentario do Mundo P-O-P

http://mundop-o-p.blogspot.com

Darth disse...

Muito bonito o blog, gostei!!!!

Jonatas Fróes disse...

Primeiramente achei que o layout do blog melhorou muito, facilitando a leitura.

Já o texto, achei bem interessante, bem lógico e conciso. É um ótimo início e prende a atenção. Não demore para postar suas continuações!

;*

Musikaholic

Anne Dayse disse...

Uma belíssima escritora és viuu
parabénss
gostei daquii, prometo voltar mais vezes

Cleiton disse...

querida, realmente estou sem palavras!

só posso dizer que está perfeito.


muito bom mesmo!

continue escrevendo e mãos a obra para os patrocinios e quando for publicado me avise!! com certeza irei comprar

http://gregoryzairuz.blogspot.com/

Veiga disse...

interessante...

Depósito do Mp3 disse...

Muito bom, realmente você merece meu parabéns!

daniela disse...

gostei! parabens

DAD disse...

Parabéns pelo blog.

Veja esse blog,não é meu mas adorei

http://fogodeletras.blogspot.com/

carla m. disse...

lindo texto, realmente Ellen, rende um bom livro.

e adorei tua sensibilidade feminina.

Felipe disse...

Deixando minha marca por aqui novamente! E mais uma vez eu falo...

You have a good talent!

Mundo P-O-P - O Seu Mundo da Música!

___________________________
http://mundop-o-p.blogspot.com

PequenAprendiz disse...

Bah que história heim tchê
show de bola
parabéns pelo blog
Já pensou em escrever um livro?
Abços

Gleh Erika! disse...

História massa ...

Muita sorte na publicação de seu lívro ...

Bjo!

DAD disse...

Obrigado pela sua mensagem no meu blog.

Apareça sempre!

Leonardo disse...

Também acho que vc está se tornando uma ótima escritora....

Abraços!

30 e poucos anos. disse...

Não é legal esse recurso ???
E não é mais legal ainda eu ser o top comentarista ??? OOOOOOBAAA.

Fogo disse...

Adorei!

Apareça no meu http://fogodeletras.blogspot.com/

RaaH Ivie disse...

Adorei, muito bom , voltarei mais vezes. Beijos

Figurinhas com Holograma disse...

Agradeço a presença no Figurinhas com Holograma =]
Bom, se trata de um livro...
A história continua, é só você dar uma olhadinha td semana!

Beijos

Plynio Lp disse...

entao,
a principio na me simpatizo muito com posts desse tamanha, se tornam muito cansativos...
mas qeria falar mesmo é sobre teu livro,
cara, corre atraz muieh, acho q vc ja ta fazendo isso, mas faça mais, de o melhor de si em prol do que vc qer...
os textos sao otimos, (ja li dois ou tres)
vá atras mesmo, pode ser a chance da tua vida...
qem dera eu ter dom pra alguma coisa, na boua...



parabens e boa sorte

*.*Allegr!a*.* disse...

Menina...
Onde eu vou, vejo você.
Melhorou muito o lay out do blog...
Agora vem cá, vc vai deixar a gente sempre curioso assim?
Fico sempre esperando as continuações, hehehe.

Ai que esse livro precisa sair logo!

A divulgação tá boa, e a galera tá gostando.

Parabéns,

>>>Bruno Sagas Lopes<<< Corretor de Imóveis disse...

gostei da ideia, sem palavras nota 10.

Mr. HaG disse...

Já começou bem! Gostei muito da forma casual com que escreve! E finalmente um conto em blog que está resgistrado! Ainda não coloquei o meu por não ter registrado, mesmo por que tenho que terminar para registrar!

kilder disse...

oi ellen, achei seu blog bem legal....dahora!
t+

Evan The Scarlet Angel disse...

Acabei de postar mais uma parte da história e ficaria muito agradecida se pudesse ler e comentar.

http://evangelinescarletangel.blogspot.com/


Obrigada

Figurinhas com Holograma disse...

Olá, cadê a continuação? xP
To esperando =X
=*

Wander Veroni disse...

Este é a história da criação do mundo, segundo o cristianismo. Muito legal a forma q vc (re)contou essa história!

Abraço,

=]
__________________________
http://cafecomnoticias.blogspot.com

greatdj disse...

Muito legal a forma de escrita!
ficou parecendo história infantil, fácil de ler.
Muito bom mesmo!

Amei a releitura do início do mundo!

Marcus Vinícius disse...

Muito criativa a forma como contou a história isso além dos aspectos que você descritos no texto, me lembrou vagamente um texto que gosto muito do Verissimo sobre como seriam Romeu e Julieta nos dias de hoje. Parabéns pelo blog.

Warui disse...

Caramba.... gostei muito heim. Vai publicar?
Pense nisso, acho que ficaria muito bom.

LUCAS DE OLIVEIRA disse...

caramba

que história gostosa de se ler...

fácil...

vou ler a continuação!

parabens, vc escreve pakas

(parabens pelo trabalho em HTML que conseguiu fazer... embora não tenha comentário acima, resolvi elogiá-la... pq adicionar colunas no blog simples, é completamente difícil! Mais uma vez, parabens)

abçs

Lucas de Oliveira

Márcio Ribeiro disse...

Oi Ellen! Eu li este texto e a continuação, e adorei a forma com que você descreveu a história da criação, com um toque do seu talento, que deixou o texto mais que original, um verdadeiro roteiro de filme.

Excelente mesmo, adorei!

http://comideiaseideais.blogspot.com


PS: Para o seu blog ficar ainda melhor, uma sugestão seria você tirar a verificação de palavras a baixo.

jonas-16 disse...

Meu relacionamento com o Layout nunca foi amigávelll

Márcio Ribeiro disse...

Ellen, tem um portal que seria bem interessante pra você divulgar seu talento. Eu o conheci hoje e vou me inscrever, se quiser, da uma olhadinha la, e me conta o que achou.

http://www.clicfolio.com/

É um portal artistico, onde a literatura tem lugar garantido, quem sabe não esta lá a divulgação que você precisa?

comideiaseideais.blogspot.com

kristy disse...

Olá Ellen!! Vc é quase minha chara!! =D
Olha... Parabéns pelo blog! Essa é uma historia muito interessante!! Li, gostei, li a continuação!! e vou voltar outras vezes com certeza aqui para ler muitas outras coisas!!
Continue assim!! Sucesso pra vc!!
Bjuus

Paparazzo disse...

Nossa, muito bom :)

comentando pela comunidade do Dicas Blogger, la o nome do seu blog tava faltando um G no blogspot, mais foi um erro facil de se notar. Parabens pelo blog

Diego disse...

lindo prólogo...
você escreve muito bem.

Sejam bem-vindos ao facetas!

................TODOS OS TEXTOS DESSE BLOG SÃO AUTORAIS............

Resolvi utilizar este espaço para divulgação de trechos de alguns trabalhos meus... Espero que vocês apreciem. Críticas e comentários serão muito bem-vindos, sobretudo críticas!

Se você já leu o texto acima não fique tímido: fique à vontade para comentar em outras postagens!